Arrependimento

        (Bauru – SP) – Mãe? É você mãe? São essas as palavras ditas por Marlene após despertar de seu sonho, um sonho do qual ela não gostaria de acordar, pois a sua realidade se transformou em um verdadeiro pesadelo. Ela senta na cama e fica pensativa, um olhar sem esperança. Olha o relógio do celular, são 18:20, passou a tarde inteira dormindo, pelo menos assim ela esquece por um momento as suas dores, é uma forma de tentar fugir de seus erros.

Leia Mais