A Madrinha

      (Povoeiras – Tocha – Coimbra – PT) Pouco mais que um farrapo é como me sinto agora. Agora que finalmente não dependo de homem nenhum, olho para trás e suspiro. Suspiro pela escolha que não tive, quando na minha ingenuidade me deixei seduzir pela beleza e doces palavras que me soprava ao […]

Leia Mais